quinta-feira, abril 12, 2007

Esclarecimento

Para futura entrevista na RTP, esclareço desde já o seguinte:
1) Apesar de nunca ter entregue relatório de estágio, concluí a licenciatura após 3 anos do início do estágio, ficando com nota a essa cadeira igual à média de curso. Que eu saiba, esse tratamento é normal e não me foi concedido extraordinamente tendo em vista algum cargo relevante que pudesse vir a ocupar no futuro (e que aliás ainda aguardo)
2) Durante esse período, apesar de ainda faltar o tal relatório de estágio, é possível que num balcão de banco ou no quiosque da minha rua me tenham já chamado doutor, e que eu nem sempre os tenha corrigido.
3) É também possível que me tenham até chamado Engenheiro, apesar de o meu curso não ser uma engenharia. Nesses casos tentei sempre portar-me educadamente, e nunca retribuí o insulto.
4) Não fui a todas as aulas na Universidade, nem coisa que se pareça. Aliás, não me arrependo de poucas vezes lá ter posto os pés
5) Encontrei mais tarde uma colega que descobri ser do meu curso de licenciatura, e até do mesmo ano. Essa colega a princípio não acreditou, porque disse nunca me ter visto por lá. É possível: ver ponto anterior.
6) No meu currículo académico aparece, por exemplo, um 16 a Recursos Humanos no 5º ano. Se o regente dessa cadeira disser que não me conhece, é normal: eu também não faço a mínima ideia quem seja o senhor. Na altura estava demasiado entretido a crescer (para dar conta do que estava a acontecer) em Mikkeli, Finlândia. A equivalência para uma outra cadeira do programa do curso é normal no Erasmus, e não foi favor nenhum especial que me fizeram.
7) Se me pedirem recibos das propinas pagas há dez anos provavelmente não os vou encontrar.
8) Não faço ideia se me lançaram alguma nota em Agosto, ou se me passaram alguma declaração a um Domingo, ou se enviei alguma carta ao reitor em dia de lua cheia.

4 comentários:

pvl disse...

Olha mais um que se quer fazer passar por engenheiro ;-)

preto disse...

Achas que te precisas de preparar melhor para a entrevista...há aí muitas falhas :))

Jú disse...

Só há um interesse em toda esta história: prejudicar a todo o custo a imagem de José Sócrates.E isso só não vê quem não quer!

Rui Dantas disse...

Espero que não estejas a dizer que é uma cabala do Público orquestrada pelo meu patrão... :)