domingo, agosto 05, 2007

Sim, ainda vais a tempo

Este post é dedicado a quem chegou aos 30, 40, 50 ou até 60 anos e pensa que começa a ser tarde para deixar obra para a posteridade.
Eis as (curtas) linhas decidadas a Saramago em 1983, tinha o senhor os seus 60 anos, pelo Pequeno Dicionário de Autores de Língua Portuguesa (Amigos do Livro).

Natural de Azinhaga, na Golegã, tem apenas estudos secundários. Jornalista, dirigiu, em 1975, o Diário de Notícias e tem colaboração dispersa noutros periódicos e em revistas, como Seara Nova. Foi director literário e de produção de uma editora. É autor de poesia, ficção e teatro. Recebeu o "Prémio Cidade de Lisboa", pelo seu livro Levantado do Chão, editado em 1980. Tem para próxima publicação o romance O Ano da Morte de Ricardo Reis e planos para uma peça que pensa intitular A Segunda Vida de Francisco Assis.

Em 82 publicou o Memorial do Convento, em 84 o tal Ano da Morte de Ricardo Reis, em 91 o Evangelho segundo Jesus Cristo, em 95 o Ensaio sobre a cegueira. Em 98, com 75 anos, tornar-se-ia no primeiro prémio nobel da literatura de língua portuguesa. Aos 85 anos continua a escrever.

1 comentário:

Fábio Teixeira disse...

Muito bem, tem toda a razão.