sábado, dezembro 01, 2007

Distraída

Ontem, na Fnac. Uma senhora, classe média e aspecto razoável, vem com a filha pela mão e pega no Equador para folhear.
- Este sim, escreve muito bem: foi o melhor livro que já li.
Espera uns momentos para que a filha possa assimilar toda a sabedoria da frase anterior, e prossegue:
- Não sei é se já editou mais algum. Vamos perguntar.

4 comentários:

Eu disse...

Se calhar estava à espera que a filha comprasse o livro e o lesse também... sei lá eu

CresceNet disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Rui Dantas disse...

Olá "eu"...

O que achei curioso na senhora foi... por um lado, a forma como falava do MST: parecia que o senhor é o maior escritor vivo; por outro lado, não sabia da existência do Rio das Flores, na mesmíssima semana em que a crítica do Pulido Valente foi capa de jornais (o que, imagino, será inédito na história da crítica literária nacional)

Joana disse...

É próprio de quem não lê livros... e jornais, lerá?

De repente sai um livro com imensa propaganda e a dita senhora, que gosta de estar na moda, vai comprar e até lê para puder dizer aquilo que disse lá na FNAC...

O "Rio das Flores" ainda é recente para que a senhora saiba da sua existência... :P