terça-feira, julho 29, 2008

The National, CCVF, 18 Julho

Uma banda cujos últimos 2 ou 3 álbuns são não só muito bons mas uniformemente bons arrisca-se a dar um concerto em que o público conhece todas as músicas e se sente em casa. Em casa, numa noite de calor e lua cheia nos jardins do Centro Cultural Vila Flor.


"We've been playing in so many ugly places this summer. Obrigado very much."

PS: Após esta breve interrupção vou voltar ali para trás e continuar a vergastar-me por não ter ido ver o Cohen.

3 comentários:

Miss Spring disse...

eu continuo sem saber se preferia ter ido ao Cohen ou ao Lou Reed... mas como nao pude ir a nenhum deles, continuo a encontrar conforto no Mark E Smith, que deu o melhor concerto a que eu fui este ano!

Rui Dantas disse...

Ora aí está um senhor que nunca vi ao vivo.. :(

Quanto aos outros dois, se comparar as horas que já passei a ouvir um ou outro, o Cohen ganha por larguíssima margem...

Miss Spring disse...

a sério?!? nem somando com os velvet underground?
e o berlin? e o transformer?
eu do cohen quase só conheço o primeiro album. prefiro as poesias.
e sim, o mark smith é uma experiência que marca. puro instinto criativo raivoso.